Widget Image

Comercial e Media Training

Cecília Amaral

cecilia@musicapopularsertaneja.com

(11) 99183-8272

Sugestões de pauta

Cristiane Bomfim

cristiane@musicapopularsertaneja.com

(11) 99453-8127

Mídia Kit

HomePingue-PongueEm CD de inéditas, Daniel aposta em atualização de repertório e arranjos

Em CD de inéditas, Daniel aposta em atualização de repertório e arranjos

Em CD de inéditas, Daniel aposta em atualização de repertório e arranjos

Por: Cristiane Bomfim | Data: 4 de outubro de 2016

Oito CDs e um DVD gravados com João Paulo. Dezenove discos e seis DVDs lançados na carreira solo. No total, Daniel acumula mais de 13 milhões de discos vendidos durante os mais de 30 anos de carreira. O mais recente álbum foi lançado oficialmente em 15 de setembro com uma coletiva para a imprensa que foi transmitida ao vivo para fãs em sua página oficial no Facebook. Com produção musical assinada por Dudu Borges, o disco foi gravado ao vivo e traz na escolha das composições e arranjos de cada uma de suas dez faixas uma visível renovação musical.

“Acho muito importante essa questão dessa junção, de você se modernizar, de saber que temos tendências, que nós temos etapas a viver. E é um pouco de tudo isso também. É a gente querer renovar um pouco do repertório, além de trazer coisas novas, trazer coisas que estão ligadas a tudo o que está acontecendo, né? Essa modernidade toda, essas tendências que o próprio Dudu (Borges) faz muito bem com outros artistas e não perder tudo aquilo que eu já fiz. Isso não me descaracteriza, muito pelo contrário. Esse CD também prova para mim e para todo mundo que música é isso. Música tem que ser elaborada, bem feita, bem tocada, bem cantada. E vejo também que os ritmos se misturam, os estilos se misturam. O sertanejo tem um pouco do samba, do axé, do country music americano. E assim vai”, explicou o cantor em pergunta feita pelo Música Popular Sertaneja no evento de lançamento.

A renovação musical é vista logo na primeira faixa do CD que carrega apenas o nome Daniel em sua capa. “Discurso Ensaiado” tem a participação de Luan Santana como segunda voz. E é Luan também um dos compositores da faixa (ao lado de Max Wick, Breno Cesar e Caio Cesar). O romantismo de Daniel de sempre na versão mais jovenzinha – com mais sanfona e bem mais parecido com o sertanejo universitário que lota as baladas – fica mais explicito em “Golpe Baixo”, de Tierry Coringa, Samir Rimas e Breno Casagrande.

Mas a renovação de Daniel não está só no repertório e produção do novo álbum. Está também – ou mais ainda – presença do cantor nas redes sociais. O cantor explica que faz questão de acompanhar tudo o que rola em suas redes sociais e que costuma dedicar algumas horas na semana para responder pessoalmente seus fãs. E não são poucos. No Facebook, o artista tem 6,64 milhões de fãs. No Instagram são mais de 1 milhão de seguidores e no Twitter, quase 2 milhões.  Além disso são clipes no YouTube, vídeos ao vivo nas redes, músicas disponíveis no Spotify e Deezer. Tudo para não perder espaço entre a moçada.

“Eu sei da importância que isso tem para a minha carreira. Isso nos coloca muito perto dos nossos fãs”, explicou Daniel. Mesmo com tanta modernidade e sabendo que cada vez menos as pessoas compram CDs, Daniel defende o disco. “Eu sei que para muita gente o CD ficou um pouco para trás nos dias de hoje, mas eu ainda considero muito importante você apalpar, você ver as fotos, o folder, os músicos que participaram. É muita gente envolvida. Eu gosto de ter o CD, de olhar tudo, de colocar no aparelho e ouvir”, concluiu.

“Inevitavelmente” é a primeira música de trabalho do novo disco e traz essa renovação de uma forma mais sutil. A canção, escrita por Cesar Lemos, Edu Valim e Renam Valim ganhou um clipe, que você confere aqui embaixo:

Quanto tempo você levou com esse trabalho? Existe alguma preocupação diferente ao lançar um trabalho todo de inéditas?

Daniel – Se formos determinar de dias, acho que foram algumas semanas. Eu acredito que três meses para toda a elaboração do projeto. Agora a gravação foi muito rápida. Gravamos dois dias aqui. Depois teve a mixagem. A questão de elaboração de repertório, de estar com os músicos, com os caras que fazem os arranjos, de poder fazer isso com calma e saber que teríamos tempo hábil. A gravadora nos deu espaço para fazer o projeto no tempo necessário. E o mais gostoso é que depois que estava tudo pronto, mostramos as músicas e as pessoas se identificaram. Quando se trata de algo inédito, dá um frio na barriga maior. É algo inovador, um terreno novo a ser pisado, um novo desafio… É aí que a gente cresce. A vida é cheia de desafios e temos que nos dispor a isso.

Você ainda é considerado um galã. Como você vê isso?

Daniel – É muito prazeroso poder saber que temos o carinho e o respaldo das pessoas. Existe a questão de uma identificação do homem com a mulher, mas existe um carinho acima de tudo. Eu vejo que os meus faz me veem como parte integrante da família, um ente querido família. Acho que fui construindo isso com o passar do tempo. Pelo jeito de ser, pela forma de agir. O fato de poder estar aqui até hoje é muito prazeroso.

Você usa alguma rede social?

Daniel – Sim. Eu sou muito atento a isso. Estava até conversando com o pessoal da (gravadora) Universal e está vindo muita coisa nova no digital nas próximas semanas. Teremos algumas surpresas. Temos de estar atentos todos os dias porque a transformação é absurda e eu uso Facebook, o Instagram, que está ligado com o Twitter. Eu sei da importância que isso tem para a minha carreira. Isso nos coloca muito perto dos nossos fãs. Temos feito algumas ações diferentes na internet. E a era digital está aí, está muito presente e muito aparente. Não podemos perder a essência de algumas coisas, mas temos que aproveitar essa coisa tecnológica para nosso benefício, para nossa proximidade com todos que gostam e que estão perto.

Gostou? Compartilhe
Rate This Article

cristianebomfimsantos@gmail.com

Deixe seu comentário abaixo

Deixe um comentário

Versão Desktop